Planos para o fim de semana: Parada do Orgulho LGBT em SP

estranho-nc3a1o-amar-2

Acontecerá nesse domingo, 29, mais uma edição da Parada LGBT em São Paulo. Já são 20 anos de evento e, graças ao acesso a informação e a um trabalho constante de conscientização, a parada está cada vez maior e com mais adeptos – inclusivo, muitos heterossexuais que são apenas apoiadores da causa gay marcam presença anualmente ❤

Por ter crescido tanto e se mostrado exemplo de organização, o evento é uma ótima opção para quem ainda não tem planos para domingo, independente da sexualidade. Apesar do clima alto astral e das cores vibrantes que invadem a avenida mais importante do país, a Parada está longe de ser simplesmente uma festa – bem, pelo menos não apenas. O dia se caracteriza pela luta contra o preconceito com toda a comunidade LGBT (que nós estamos cansados de saber que, em pleno 2016, existe) e traz à tona debates importantíssimos para a sociedade, como a inclusão social. Além de se tornar uma ótima pauta a ser discutida dentro de casa, mesmo que nenhum membro da família seja gay – evitando assim espantos  desnecessários com um simples beijo entre duas mulheres ou dois homens na novela.

Sense8 na Parada LGBT
Uma das séries mais faladas do momento, a Sense8, contará com imagens da Parada LGBT em sua segunda temporada. Os atores já estão em terras brasileiras e até deram um passeio pela Av Paulista para conhecer a região.

Você não precisa ser gay para lutar contra a homofobia
Já parou para pensar nisso? Nós, da La Petite, respeitamos e apoiamos toda forma de amor e estamos rodeadas de pessoas que também assumem essa postura, no entanto, mesmo que sem querer, é muito recorrente ouvirmos certas expressões que ridicularizam a sexualidade dos outros. Coloque a mão na consciência e responda com sinceridade: quantas vezes você ou alguém que você gosta já falou algo como “nossa, que gayzinho” ou “Parece um viadinho falando dessa forma”? A desconstrução deve ser constante, por isso, não tenha vergonha de se arrepender por já ter falado, mas leve adiante para que cada vez menos pessoas usem essas palavras, que podem até parecer inocentes, mas só reforçam cada vez mais o preconceito.

E, para finalizar, como diria Lulu Santos: CONSIDERAMOS JUSTA TODA FORMA DE AMOR!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s