#GirlPower O que você realmente precisa saber sobre o dia internacional da mulher

2dd215e57c5ce327e2c6d6747ef20460

Esqueça os bombons, as flores e as mensagens que exaltam a nossa feminilidade. Guarde-os para outro dia. O dia da mulher é um dia de luta e muita discussão.

Ao analisarmos o contexto histórico, fica mais fácil entender o porque o dia 8 de março não deve ser glamourizado. No final do século 19, milhares de mulheres se uniram para lutar por seus direitos trabalhistas. A briga por uma carga horária justa e salários maiores resultou em greves e inúmeros protestos. A oficialização do dia foi feita em 1975 (um século depois!), quando a ONU reconheceu a data como um marco. Dá para imaginar o quanto essas mulheres, adeptas das manifestações e greves, sofreram? Elas deram a cara a tapa de maneira literal para que conseguíssemos progredir. Isso sem contar as (em média) 130 mulheres que foram trancadas em uma fábrica e carbonizadas por simplesmente pedirem igualdade.

23ea7d526d5a0bd56438358343bf0694

E, embora tenhamos conquistado direitos valiosos, ainda há muito o que ser pensado, discutido e colocado em prática. Segundo dados utilizados pela marca de cosméticos Avon, apenas 14% dos CEOs no Brasil são mulheres. Um número que chega a ser trágico, considerando a quantidade de mulheres talentosas no mercado. Inclusive, vale lembrar que a equipe da La Petite Fleur é formada apenas por mulheres! Tudo que nós fazemos – desde a pesquisa de tendências, elaboração de acessórios, compra de peças, fotos e produção de conteúdo, absolutamente tudo é feito e/ou supervisionado por mulheres. E aí, ainda vai ter coragem de dizer que não somos espertas e capazes o suficiente para aumentarmos essa porcentagem?

Os salários também merecem atenção. Entre 2000 e 2010, os homens puderam contar com um aumento de 2%, já as mulheres, tiveram que lidar com uma baixa de 3,2% na renda. Desesperador, né? E não pense que são casos isolados, não! Nem mesmo Hollywood está livre desse sexismo. A atriz Jennifer Lawrence descobriu no ano passado que recebeu (muito) menos do que seus colegas de elenco do sexo masculino pelo filme A Trapaça.

2d94b6b2a64b6d26ad785b7e0d4c4cdc

E se você está se perguntando o que pode fazer em relação a isso, a boa notícia é: muito. Você tem muito a fazer. Estamos em 2016 e não faltam informações por aí e muito menos apoio para botar a mão na massa. Inclusive, lembre-se que nós estamos aqui para acreditar em você, ok?

Brigue pelo seus direitos, mulher. Apoie os direitos dela, homem. Reveja seu quadro de funcionários e pergunte-se se você realmente oferece oportunidades justas na sua empresa, chefe. Não tenha vergonha de amamentar em publico, mãe. Não tenha medo de assumir seu black, negra. Não deixe de usar o que te faz sentir bem, gorda. Não se calem. 

A sua revolução importa muito. A sua coragem de assumir quem você é, inspira outras a seguirem o mesmo caminho. Assim, não há dúvidas de que estaremos caminhando para uma geração de mulheres empoderadas, maravilhosas e corajosas. Mulheres que sabem que valem muito mais do que sua “feminilidade”, muitas vezes valorizada de maneira tão errônea (Hello! Eu não tenho obrigação de vestir rosa e ter um cabelo longo, ok?), e que conhecem o caminho pra uma vida mais justa. Mulheres que tem consciência de seus corpos, de sua capacidade, de sua força e, principalmente, dos seus direitos.

Para finalizar, vamos deixar aqui uma lista de páginas que valem o like. Elas sempre ajudam a lembrar que estamos juntas – não só no dia 8 de março, mas o ano inteiro.

Empodere Duas Mulheres: https://www.facebook.com/empodereduasmulheres/?fref=ts

Think Olga:https://www.facebook.com/thinkolga/?fref=ts

Chega de Fiu Fiu: https://www.facebook.com/chegadefiufiu/?fref=ts

A Mulher Negra e o Feminismo: https://www.facebook.com/Negra.Feminista/

Jout Jout: https://www.facebook.com/prazerjoutjout/

Beijos ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s